MODELO EM ELEMENTOS FINITOS DO PÉ HUMANO ANATOMICAMENTE SAUDÁVEL

  • : CARLOS COSTA 1, VICTOR ANTONI 2, PAULO LINZMAIER 2, VINICIUS LAIN 3 1 Mestrado em Engenharia Mecânica, Área de Ciências Exatas e Engenharias, Universidade de Caxias do Sul, Rua Francisco Getúlio Vargas, 1130, Caxias do Sul, RS 2 Área de Ciências Exatas e Engenharias, Universidade de Caxias do Sul, Rua Francisco Getúlio Vargas, 1130, Caxias do Sul, RS 3 Curso de Medicina. Área de Ciências da Vida.Universidade de Caxias do Sul, Rua Francisco Getúlio Vargas, 1130, Caxias do Sul, RS
  • : Universidade de Caxias do Sul Caxias do Sul Rio Grande do Sul
  • : A Neuropatia Diabética (ND) é uma das complicações do sistema nervoso resultante da diabetes, atingindo 50% dos pacientes diabéticos, resultando em alterações na estrutura do pé, afetando sua função e distribuição de pressão, que é um fator de risco preditivo para o desenvolvimento de ulceração no pé, infecção e até necrose, resultando em amputação. As órteses devem, de alguma forma, reduzir a pressão no pé diabético, mas para uma precisa prescrição é importante conhecer como os diversos fatores, que afetam a distribuição de pressão no pé de um paciente diabético, se relacionam. O objetivo geral desse trabalho é elaborar um modelo em elementos finitos que forneça resultados de distribuição de pressão de pé humano saudável, que possa contribuir com a área de pesquisa e auxiliar na fabricação de palmilhas preventivas e terapêuticas da ulceração em pés diabéticos. Para o desenvolvimento, foi adquirido imagens médicas do pé de uma mulher voluntária, através de Tomografia Computadorizada (CT). Estas imagens foram então tratadas por software de edição de STL, para a geração de um modelo tridimensional do pé do paciente e posteriormente convertidas para um ambiente CAD. O modelo tridimensional foi importado no software Abaqus, de análise em elementos finitos. Analisando os resultados de deslocamento, tensões e distribuição de pressão, foi possível comprovar o estudo feito sobre a biomecânica do pé humano, com o comportamento mecânico do modelo assemelhando-se ao da literatura. O modelo elaborado apresentou uma boa qualidade e confiabilidade, apresentando similares regiões à literatura, de máxima pressão plantar. Com base nos resultados obtidos, este trabalho comprova a viabilidade de avaliar o comportamento físico e mecânico do pé humano através do método de elementos finitos. Os resultados serão úteis para o estudo do comportamento do pé humano, no caso de amputações, permitindo um melhor projeto e fabricação de órteses, próteses e palmilhas.
  • : modelamento_de_elementos_finitos
  • : cacosta@ucs.br